Por vezes, e muitas são as vezes, gramaticalmente incorretas,despretenciosas,desobedientes às regras,
as palavras aqui são só ajuntadas e se tornam frases
simples ... uma maneira de expressar o que sinto. della

sexta-feira, março 27

lastro de meu tempo


Qual a medida do sentir
se você não está aqui para presenciar?
qual a medida de viver
se você não está aqui para vivenciar?
qual a medida do meu tempo?
do meu lastro: peso e equilíbrio
que resume os contornos do meu pensar?
me pergunto.
eu que temia tanto seu olhar nunca encontrar
temia a história passar e me levar
e nunca ver seu sorriso,
sua imagem inteira
ou suas sombras alcançar .
o que um dia foi um rumo de vida triste
hoje, enfim, sabe que há algo solto no ar
vem trazido pelo Outono,
esse Tempo
que já não vive só de sonhar.

*
*
foto de eliza lazo valdez
*
*
É tempo de Outono. É tempo de cuidar.

5 comentários:

Mateso disse...

A sensibilidade na imagem da palavra.
Lindo.
Bj.

Ana Paula Sena disse...

Muito bonito, Della!

E o Outono é uma estação maravilhosa :)

Um bj de longe-perto para a tua atmosfera outonal!

A.S. disse...

Della...

O tempo não é só de sonhar sim... mas sem o sonho as noites são mais frias!...
Quero "ver-te" sorrir!...


Beijos...

Gabriela Rocha Martins disse...

é tempo de cuidar ... de nós ... minha amiga de sonhos ... azuis


.
um beijo

isabel victor disse...

Uma atmosfera envolvente



Vou passando ...



iv*