Por vezes, e muitas são as vezes, gramaticalmente incorretas,despretenciosas,desobedientes às regras,
as palavras aqui são só ajuntadas e se tornam frases
simples ... uma maneira de expressar o que sinto. della

sexta-feira, março 27

A caminho


Estarei voltando em breve. É que, nesses dias, dependo do grande vento para içar minha pequena vela. Sem ele não consigo navegar.


_
_

foto de nicolas de fontenay

2 comentários:

A.S. disse...

Que Zeus liberte para ti uma doce brisa...


Um beijo!

Ana Paula Sena disse...

Desejo-te uma navegação tranquila, vento grande mas suave, enchendo tuas velas, até ao porto seguro que possa ser teu destino :)

Até breve, sim! E um beijinho.